terça-feira, 16 de fevereiro de 2010

Primeiro dia do Grito Rock Cuiabano...

Banda Megafonica:
The Baudelaires no primeiro dia de Grito Rock em Cuiaba

tirado do link:

http://gritorock.com.br/2010/02/13/noite-de-abertura-grito-rock-cuiaba-mt/


Por Andro Felipe | Coletivo Megafônica
Fotos por Kate Souza


Sexta-feira quase quente em Hell City, pois fomos surpreendidos por uma madrugada chuvosa que espantou o mormaço que estava por vir. O termino da reformação da Casa Fora do Eixo, foi sincronizado a hora em que o rock ia começar a descer na cabeça de toda galera que tava aguardando ansiosa pelo inicio do Grito Rock 2010 teve um grande sucesso no seu primeiro dia.


Pra noite não só os shows estavam programados. No segundo ambiente da Casa estava acontecendo o Cine Grito, sessão de curtas e vídeo clipes sob curadoria do coletivo Cellula, o mesmo que promove o Cine Grito no Morro. Além disso a Feira Mix trazia produtos das bandas que tocam no GR e bolsas, camisas, assessórios e outros itens, trazidos pelo Coletivo Onda.


Lexial

Começamos a noite com a banda conterrânea Lexial que mostrou o seu, digamos assim, Heavy Scream Hard Core aquecendo o povo que já começava a se expandir em meio a deliciosa escuridão da nova casa de shows.



Depois subiu ao palco a galera do Lothus, ótima banda, com estranha simetria visual de palco, tendo uma escadinha em ziguezague desde o primeiro guitarra, passando pelo vocal, baixo e chegando ao outro guitarrista. Só dando uma conferida pra sacar. Banda com um delicioso pop punk, com puxadas mais hardcore. A banda agradou os ouvintes com o som e letras bem legais.


Neuras (MT)


Banda que vem de dentro do Mato grosso, mas, não e de Cuiabá. O Neuras mostrou um som muito bem ensaiado, e com uma ótima desenvoltura do guitarrista solo. Fizeram uma mescla de musicas lentas e mais animadas, de quebra rolou ate um pouco de blues. O vocal na minha opinião faz o estilo, Cool Loser, aqueles que sim merecem ser os heróis dos jovens, Jack Black apareceu no mundo pra isso mesmo.



Tereza (RJ)

Direto de Niterói, a banda Tereza chegou chegando, pra conquistar o publico cuiabano. Com ótimas melodias, energia de palco de sobra a banda fez um show de arrepiar a audiência. Posso dizer que tenho um elogio para o estilo Carmem Miranda do Rock do vocal Vinicius, nossa, como você rebola, rapaz.




Marcelo, vocalista do Vietcongs

Power trio da terra, os Vietcongs mandaram muito bem. Seu hardcore que já esta na língua de muitos fãs, fez um maravilhoso coro no final do show, deixando com certeza tanto a banda como o publico muito feliz. Quem viu pela primeira vez, deve com certeza checar o myspace dos caras pro coro ser ainda maior no próximo show.



Ebinho Cardoso (MT)

Ebinho Cardoso subiu, e fez bonita cena na noite. Foi muito legal ver o contraste no som e o mesmo publico pirando de uma forma diferente em cima das musicas. Dessa forma que se mostra o respeito a variedade do gosto da galera e da intenção do evento, que sempre esta sujeito a surpresas.




The Baudelaires (PA)

Belém do Pará entrou na rodada logo em seguida. A banda The Baudelaires do Coletivo Megafonica, fez um show mesclando suas belas melodias com uma distorção bem rock, que chacoalhou os presentes. Após a hipnose causada pelo Ebinho, os meninos botaram os presentes para dançar, claramente influenciado por clássicos como Beatles e Beach Boys. Os CDS que estavam na Discos esgotaram, então da pra sacar que os caras mandaram muito bem. A parceria vocal dos dois vocais principais tiraram e da cozinha super ensaiada tirou muitos elogios dos presentes.




Rhox (MT)

Rhox, prestes a sair em turnê por Rondônia, deu para o seu já grande numero de fãs mais um grande show que todo mundo conhece. O carisma do vocal Dezao no palco é incrível, e quando o deveras grande sujeito começa a pular no palco, temos a certeza que a platéia não vai deixar de fazer o mesmo. Grande banda.

A noite terminou assim, muito rock na cabeça e muita chuva pra lavar o suor de quem pulou.

Um comentário:

Lothus disse...

opaa!!!

não deu pra ficar até o final pra ver os baudelaires tocar.. mas imagino que o show foi foda! eu sempre escuto as musicas no myspace da banda.
mas é isso ae.. tomara que voltem pro calango.

abraço!

att.

Gustavo - Lothus